Desporto

Cristiano Ronaldo aceita pena de dois anos de prisão

O jogador tem a leitura de sentença marcada para janeiro mas o advogado está a tentar que Cristiano Ronaldo possa ouvi-la através de videoconferência

Cristiano Ronaldo vai aceitar a pena de dois anos de prisão na sequência da acusação de evasão fiscal que enfrenta. Para além disso, o jogador tem ainda de assumir perante o tribunal que defraudou o estado espanhol em 14,7 milhões de euros. A leitura da sentença está marcada para dia 14 de janeiro, em Madrid.

Apesar de assumir a pena, o advogado, José Antonio Choclán, está a tentar negociar a aplicação de uma multa adicional no valor de 375 mil euros para substituir o cumprimento da pena. A proposta ainda não foi aceite pela justiça espanhola, avança o jornal As.

O jogador da Juventus já liquidou a multa a que foi sujeito, no valor de 13,4 milhões de euros, mas falta assumir perante o tribunal e o procurador que é culpado, algo que deverá acontecer no dia 14 de janeiro.

Também Fábio Coentrão admitiu esta semana, perante o juiz, ser culpado do crime de evasão fiscal. O advogado – o mesmo que representa Ronaldo – conseguiu que o jogador português prestasse declarações através de videoconferência. Choclán está a tentar que Cristiano Ronaldo possa também ouvir a sua sentença à distância, mas o juiz ainda não se pronunciou sobre o pedido.