Sociedade

Costa manifesta "às famílias e amigos as mais sentidas condolências"

Costa já reagiu à queda do helicóptero de emergência médica, em Valongo, que provocou a morte de quatro pessoas

António Costa apresentou as suas condolências à família e amigos das quatro pessoas que morreram no último sábado na sequência da queda de um helicóptero do INEM no regresso de uma missão de transporte de doentes.

“Quero naturalmente apresentar às famílias e amigos as mais sentidas condolências e dirigir uma palavra de solidariedade para todos aqueles que trabalham no Instituto Nacional de Emergência Médica e que prestam um serviço inestimável aos portugueses", referiu o primeiro-ministro citado pela Lusa, acrescentando ainda que serão apuradas as causas do acidente, mas que "neste momento" é prematuro falar sobre as razões.

Recorde-se que o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) confirmou, a ocorrência de "quatro vítimas mortais" na sequência da queda do helicóptero de emergência médica, em Valongo, sem adiantar causas do acidente.

Em comunicado, o INEM disse esta madrugada que cabe às autoridades competentes desenvolver um inquérito para apurar com detalhe as causas do acidente, "cujos contornos não são ainda neste momento conhecidos".