Economia

EDP celebra contrato de fornecimento de 18 anos

o contrato de longa duração "assegura uma maior estabilidade e também uma significativa redução de preço", uma vez que se reflete numa poupança de 20% nos custos com eletricidade, em comparação com os de curta duração 

DR  

A Sakthi Portugal, empresa de capitais indianos que desenvolve e produz componentes de segurança crítica, como travões, suspensão, transmissão, motor e direção, em ferro nodular para a indústria automóvel, irá receber energia fornecida pela EDP nos próximos 18 anos, o contrato mais de fornecimento de energia elétrica mais longo assinado em Portugal.

Em comunicado enviado pela elétrica, o contrato de longa duração "assegura uma maior estabilidade e também uma significativa redução de preço", uma vez que se reflete numa poupança de 20% nos custos com eletricidade, em comparação com os de curta duração. 

Este contrato irá cobrir uma parte significativa da Sakthi Portugal «, que tem como principais cliente a BWM e a Volkswagen, ultrapassa dos 150 mil megawatts por hora e a energia será toda produzida através de energia eólica na Península Ibérica. 

"Este contrato representa uma mudança de paradigma para a EDP, enquadrando-se na estratégia de construção de parcerias sólidas e duradouras, com uma clara aposta na eficiência energética – área em que o grupo tem feito significativos investimentos em articulação com os seus clientes. Por outro lado, este novo paradigma permitirá impulsionar a produção renovável, estando, por isso, totalmente alinhado com os compromissos de sustentabilidade assumidos pelo grupo", disse Vera Pinto Ferreira, administradora da EPD.