Sociedade

Estremoz. Autarca em risco de perder mandato depois de ter sido condenado pelo crime de prevaricação

Autarca foi condenado pelo crime de prevaricação e, num outro caso, é acusado de peculato


Luís Mourinha, presidente da Câmara de Estremoz corre o risco de perder o mandato depois de ter sido condenado por prevaricação. O autarca é ainda acusado, num outro caso judicial, de peculato.

Contactado pela Lusa, o autarca decidiu não comentar os processos, alegando que ainda não foi notificado sobre as decisões, afirmando apenas, relativamente à condenação por prevaricação, de que sabe "alguma informação" através dos seus advogados.

O autarca viu ainda o recurso que interpôs sobre a acusação do crime de prevaricação ser negado. 

Os comentários estão desactivados.