Internacional

Trump Foundation encerra por ordem judicial

Processo contra a fundação e os seus diretores por violações repetidas da lei vai continuar a decorrer. Procuradora diz que a organização não era mais do que um livro de cheques para Trump


A fundação do presidente dos Estados Unidos vai ser encerrada no meio de suspeitas de malversação de fundos destinados a obras de beneficência usados em proveito político da família Trump.

A notíca foi avançada pela procuradora-geral do estado de Nova Iorque, Barbara Underwood, que irá supervisionar a distribuição das verbas ainda existentes.

Barbara Underwood acusou Donald Trump e os seus três filhos de utilizarem as verbas angariadas pela fundação para obras de beneficência em ações políticas dos Trump, naquilo a que classificou como "um padrão chocante de ilegalidade envolvendo a Trump Foudation - incluindo a coordenação ilegal com a campanha presidencial de Trump, constante autonegociação intencional e muito mais", refere o comunicado da procuradora.

Barbara Underwood afirma que "a Trump Foundation limitava-se a ser pouco mais do que um livro de cheques ao serviço dos interesses políticos e empresariais de Trump". 

Segundo as regras do acordo, a fundação só poderá ser dissolvida com supervisão judicial e os seus ativos terão de ser distribuídos por "organizações reputadas" aprovadas pela procuradoria.

O comunicado refere ainda que este acordo é independente do andamento do processo contra a fundação e os seus diretores "por violações repetidas das leis estaduais e federais".

Os comentários estão desactivados.