Sociedade

Disney acusada de colonialismo e de roubo por causa de Hakuna Matata

"A Disney não pode registar algo que não inventou"

Disney acusada de colonialismo e de roubo por causa de Hakuna Matata

“Hakuna Matata!”, até pode ser “fácil de dizer”, mas afinal nem sempre os “problemas são para esquecer”. Que o diga a Disney que está a ser acusada de colonialismo por ter registado a expressão, imortalizada pelo filme O Rei Leão.

A Disney quer registar a expressão, que significa "sem problemas", com origem suaíli, dialeto é falado em zonas do Quénia, Tanzânia, Uganda e na República Democrática do Congo.

A Disney registou os direitos pelo uso da frase em 2003, mas agora uma petição, assinada por mais de 50 mil pessoas, acusa a gigante norte-americana de “colonialismo” e de “roubo” e pretende que o registo seja revogado ainda antes da estreia do remake de O Rei Leão.

O criador da petição Shelton Mpala acusa a empresa de apropriação. "A Disney não pode registar algo que não inventou", escreveu.

Sublinhe-se que ‘Hakuna Matata!’ É uma expressão popular em todo o leste de África, onde são vendidos milhões de artigos relacionados com a frase, sendo que o registo da Disney condiciona o comércio e o lucro legal do uso destas duas palavras.

Os comentários estão desactivados.