Vida

"Durante meses, raramente saía do meu apartamento e, quando saía, era perseguida"

Amber Heard fala sobre perseguição após denunciar violência doméstica por parte de Johnny Depp

Amber Heard, através de uma carta aberta publicada pelo The Washington Post, falou sobre algumas situações assustadoras que viveu depois de ter acusado o ex-marido, Johnny Depp, de violência doméstica.

A atriz revelou que foi "perseguida" durante vários meses e que isto chegou mesmo a prejudicar a sua carreira: "Escrevo isto como uma mulher que precisou de mudar o número do telefone semanalmente por receber ameaças de morte", escreveu.

"Durante meses, raramente saía do meu apartamento e, quando saía, era perseguida por câmaras em drones e fotógrafos a pé, em motas e carros. Há dois anos, tornei-me figura pública ao representar vítimas de abuso doméstico e senti a força da cultura de ódio contra mulheres que dizem a verdade", contou ainda a atriz.