Cultura

Festas. Sem gastar um cêntimo

Sair de casa no Natal pode não pesar na carteira. Em Lisboa e no Porto, há inúmeras atividades gratuitas, sobretudo mercados, mas também concertos e exposições. Se a quadra é conhecida pela reunião familiar e respetivos presentes, pode também servir de pretexto para um programa cultural.

 

Lisboa

 

Eça e os Mais – Tudo o que tenho no Saco

{ Fundação Calouste Gulbenkian }

Exposição comemorativa dos 130 anos da publicação do clássico de Eça de Queiroz.  «Para que se possa ver tudo o que Eça trazia no saco», é explicado.
E eis que temos crónicas, romances, contos e muitas cartas, fotografias, pinturas, caricaturas, gravura, música da época e excertos de filmes, bem como objetos do seu espólio pessoal guardados na Casa de Tormes (propriedade da Fundação Eça de Queiroz) nunca antes expostos em Lisboa. Na Galeria do Piso Inferior do Edifício Sede da Gulbenkian estão ainda expostas obras alusivas ao escritor de Paula Rego (baseadas em
‘Os Crimes do Padre Amaro’) , Júlio Pomar, João Abel Manta, Raphael Bordallo Pinheiro, Raquel Roque Gameiro, Bernardo Marques, Manoel de Oliveira ou João Botelho.

Data: Até 18 de fevereiro
(Quarta a segunda das 10h às 18h)          
Onde: Fundação Gulbenkian 
 

Beethoven, Mozart e Tchaikovsky

{ Teatro S. Luiz }  

O Concerto de Natal da Orquestra Clássica Metropolitana junta três obras muito populares: o Concerto para piano n.º 5 de Beethoven, a abertura da ópera A Flauta Mágica, de Mozart, e a suíte do bailado O Quebra-Nozes, de Tchaikovsky, Com o pianista António Rosado e o maestro Reinaldo Guerreiro. É quase um apanhado do melhor de música da época. Bilhetes disponíveis no próprio dia, a partir das 13h00, limitados a dois por pessoa.

Data: 19 de dezembro
Horário: 21h00  
Onde: Teatro S. Luiz 

 

Viva o Natal em Palmela

{ Palmela }   

Além das tradicionais iluminações e do presépio assinado pela artista plástica Teresa Martins, que conjuga as figuras religiosas com personagens de cariz etnográfico, que recordam a vida de Palmela noutros tempos, todos os fins de semana de dezembro, o Mercado de Natal propõe divertimento para os mais novos, animações promovidas pelo associativismo local, música, passeios de charrete pelo Centro Histórico e visitas orientadas ao Presépio.

Data Até 6 de janeiro
Horário: Fins de semana das 10h às 18h
Onde: Centro de Palmela   

 

Porto

Natal a Rir

{ Avenida dos Aliados }   

Até ao próximo fim de semana, artistas de rua fazem de tudo para fazer rir quem passa pela Avenida dos Aliados. Hoje, o chileno Mr. Tartuffo apresenta Tug of War, uma combinação
de malabarismo, equilíbrio,
magia e comédia, com base na improvisação e na participação do público, e amanhã é a vez do português Diogo Duro tirar personagens da cartola com «circo, música e sorrisos».
Na próxima semana, a responsabilidade de fazer rir é de McFois (sábado) e Mimo Huenchulaf (domingo). Sempre às 16h30.

Data Até dia 23
Horário: 16h30
Onde: Avenida dos Aliados  

 

Mercado de Natal do Porto

{ Praça da Batalha }   

Sem imaginação nem tempo para presentes? O Mercado de Natal do Porto pode ser um amigo inesperado. A Praça da Batalha parece uma vila encantada com casinhas de madeira onde se encontrar artesanato, brinquedos, livros, vestuário, gastronomia, entre outras propostas. Há ainda as tradicionais iluminações do Natal, animação de rua, workshops e música a acontecer.

Data: Até dia 24
Onde: Praça da Batalha

 

Artes e Ofícios do Porto

{ Praça dos Poveiros }  

Escapar aos centros comerciais e comprar produtos artesanais?
É possível. No mercado Artes e Ofícios do Porto, tudo é feito à mão. Até 23 de dezembro por lá andarão vários artesãos e alguns deles vão estar a produzir as suas peças ao vivo. Cerâmica, sabonetes, brinquedos tradicionais e licores são alguns dos presentes que se podem riscar da lista.

Data: Até 23 de dezembro
Horário: Domingo a quinta das 11h00 às 20h00; sexta e sábado das 11h00 às 23h00
Onde: Praça dos Poveiros 

 

Flashback

{ Baixa }   

Nunca é demasiado tarde para dar um pé de dança. Todos os sábados de Dezembro na Baixa, Flashback recupera a música dos anos 70, 80 e 90 pela mão de nomes conhecidos da cidade – a primeira sessão foi com Jorge Romão dos GNR. Além das matinés de sábado, haverá um Flashback especial de fim de ano com Rui Pimenta e Xico Ferrão, a partir das 22h00 no Largo Amor de Perdição. Este sábado, dança-se na Praça Gomes Teixeira e no próximo no Jardim da Cordoaria.

Data: Até 31 de dezembro
Horário: Sábados às 17h00 e fim de ano às 22h00                              
onde: Baixa