Sociedade

Lesados do BES também 'vestem' o colete amarelo

Grupo antecipou manifestação convocada para sábado em Lisboa


Um grupo de lesados do antigo Banco Espírito Santo (BES) juntou-se, esta sexta-feira, ao protesto dos coletes amarelos no Porto, antecipando assim a sua manifestação, que estava agendada para amanhã, no Palácio de Belém, em Lisboa.

Cerca de uma centena de manifestantes de um grupo de lesados do BES estavam concentrados na rotunda de Francos, mas por volta das 10h45 abandonaram o local, dirigindo-se a pé em direção à rotunda da Boavista.

No caminho foram parados pela polícia e geraram-se alguns momentos de tensão, sendo que vários destes manifestantes conseguiram furar o bloqueio através das traseiras da Casa da Música.

Um dos porta-vozes dos lesados afirmou, à agência Lusa, que o grupo está “solidário com esta manifestação” e que foi por isso que decidiram aderir ao protesto, antecipando desta forma a manifestação que estava agendada para dia 22, em Belém.

“Somos solidários com os ‘coletes amarelos’ porque fomos vítimas de corrupção, roubo e falsas promessas do PS”, disse António Silva, acrescentando que estão também contra o “aumento do custo de vida e os baixos salários”.