Vida

Italiana agredida e violada em Madrid conta como tudo aconteceu para alertar outras mulheres | FOTOS

 “Esmurrou-me várias vezes até eu parar de lutar. Já nem conseguia gritar"

Andrea Sicignano, uma mulher italiana a viver em Madrid, foi violentamente agredida e violada por um homem no fim de semana passado.

Tudo aconteceu quando regressava a casa depois de um concerto com um amigo. “A tentar chegar a casa, entrei no autocarro errado, que me levou até ao final da linha de uma zona que me era desconhecida”, começou por contar a italiana.

Na publicação, explicou que toda a gente saiu do autocarro e que se sentou numa paragem por se encontrar perdida: “Estava perdida às 4h da manhã e já não havia transportes. Precisava de ajuda e um homem assegurou-me que me podia ajudar a chegar a casa”, disse.

Mais tarde, quando se apercebeu do perigo que estava a correr, tentou ir-se embora mas o homem que a estava a ajudar, começou a tornar-se violento. “Esmurrou-me várias vezes até eu parar de lutar. Já nem conseguia gritar. Mal podia ver porque tinha os olhos cheios de sangue”.