Desporto

Mundial de Clubes. Real Madrid arranca o tri com goleada, e confirma supremacia europeia

Com a vitória frente ao Al-Ain, por 4-1, a equipa espanhola vence pela terceira vez consecutiva o Mundial de Clubes, tornando-se a mais galardoada da competição, com mais um triunfo que o rival Barcelona

O Real Madrid venceu este sábado, em Abu Dhabi, o Al Ain por 4-1, conquistando o Mundial de Clubes pela terceira vez seguida, um feito inédito. Luka Modric abriu o marcador logo aos 14', com Marcos Llorente (60') e Sergio Ramos (78') a sentenciarem o encontro. O emblema dos Emirados Árabes Unidos ainda reduziu por Shiotani (86') mas os madrilenos voltariam a marcar, agora num autogolo de Nader (90'+1). Com esta vitória, os merengues tornam-se a equipa mais galardoada na história da competição, com quatro títulos, mais um que o rival Barcelona.

Modric não marcava há 184 dias, mas hoje foi feliz, e confirmou que está a viver o melhor momento da sua carreira, e depois de ser o melhor jogador do Mundial 2018, levou a Bola de Ouro e ainda foi considerado pela FIFA o melhor jogador do mundo. Com esta vitória, o Real Madrid vence pela quarta vez em cinco anos o Mundial de Clubes (2014, 2016, 2017 e 2018), juntando-lhe ainda a conquista de três Taças Intercontinentais (1960, 1998 e 2002).