Politica

Professores. Marcelo avalia diploma no dia 26

Chefe de Estado tem quatro a cinco diplomas para apreciar em Belém

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,  revelou este domingo que pretende apreciar o decreto-lei sobre a contagem de serviço dos professores na próxima quarta-feira, dia 26 de dezembro.

“Este [diploma], quero ver se o aprecio no dia 26 de manhã, logo, e se não tiver muitas dúvidas, ou no próprio dia 26 ou no dia 27 - portanto, antes do dia 28 - eu tomo a decisão para que não vá cair depois em cima do fim de semana”, afirmou o Chefe de Estado, à margem  da Festa de Natal da Casa do Gaiato, em Loures, citado pela Lusa.

 Na véspera, no Funchal, o presidente assegurou que não conhecia “a última versão” aprovada pelo governo no último conselho de ministros. “Vou ver”, prometeu, lembrando que tem quatro a cinco diplomas para apreciar até ao final do ano.  Marcelo Rebelo de Sousa quer também avaliar a posição adotada nas regiões autónomas. Na Madeira, por exemplo, serão contabilizados  nove anos de serviço no descongelamento de carreira dos docentes. No continente, o governo só admite pouco mais de dois anos.