Politica

Marcelo insiste na criação do estatuto do cuidador informal

Presidente da República reafirmou a necessidade da criação de um estatuto do cuidador informal.

O presidente da República voltou a insistir, este domingo,no Palácio de Belém, na criação do estatuto do cuidador informal, uma medida para o qual o Chefe de Estado tem alertado porque"merece o esforço de todos".

Num discurso proferido no âmbito da cerimónia de entrega da Vela da Paz,uma iniciativa da Cáritas e dos Escuteiros, o Chefe de Estado também não esqueceu os 1,8 milhões de pobres em Portugal.

Em relação ao cuidador informal, Marcelo Rebelo de Sousa tem defendido que é uma "causa nacional" e que tem o "apoio de todos os partidos".