Sociedade

Porto. Deputado acusado de racismo recorre da multa

Em causa está uma publicação do deputado no facebook

David Ribeiro, deputado municipal do Porto que foi acusado de racismo, vai recorrer da multa que lhe foi aplicada pela Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial. A confirmação foi dada pelo próprio ao Jornal de Notícias.

“Vou apresentar recurso. De momento nada mais tenho a acrescentar”, revelou.

Ontem, o SOS Racismo revelou em comunicado que David Ribeiro tinha sido notificado da decisão tomada pela comissão. Segundo o comunicado da associação, o deputado ficou sujeito ao pagamento de uma multa no valor de 428,80 euros “pela prática de atos de discriminação social, sob a forma de assédio”.

A associação, reconheceu ainda que a decisão ainda é passível de “impugnação judicial”, mas congratulou a atitude da comissão, que “fazendo cumprir a lei, condenou o teor racista e xenófobo” das declarações expressas por David Ribeiro.

A decisão vem na sequência de uma publicaçõe feita pelo deputado no seu facebook - que no dia 22 de julho, escreveu um texto intitulado “Ciganos romenos no Porto”.

A publicação dizia que “um grupo de 20 a 30 romenos, maioritariamente mulheres e jovens” criou “um autêntico martírio aos residentes e comerciantes da zona”, falando em problemas com o lixo e em assaltos em supermercados.