Sociedade

Operação Ano Novo. Detidas 108 pessoas por conduzirem com excesso de álcool

A GNR identificou 264 pessoas que conduziam com excesso de álcool

Segundo o balanço provisório da GNR, os três mil militares que estão nas estradas portuguesas fiscalizaram quase vinte mil condutores. Deste total, 264 conduziam com excesso de álcool e 108 pessoas foram detidas por conduzirem com mais 1,2 g/l da álccol no sangue. 

No total, registaram-se 5.417 contraordenações, destacando-se 2.245 por excesso de velocidade. Também 146 pessoas foram identificadas por utilizar indevidamente o telemóvel. 

Nos primeiros dois dias da operação de Ano Novo, foram registados 510 acidentes que resultaram em seis mortos e dez feridos graves. 

A GNR garante que vai continuar a centrar a atenção na condução sob a influência de ácool, excesso de velocidade, falta de inspeção periódica, manobras perigosas e uso indevido do telemóvel.