Sociedade

Bacias hidrográficas têm menos água

Dados são da Agência Portuguesa do Ambiente

No fim de dezembro, a  água armazenada na maioria das bacias hidrográficas do país foi inferior à média registada desde 1990/91. Contudo, quando comparada com o final de 2017, a quantidade de água armazenada no final de 2018 era superior em todas as bacias hidrográficas. Os dados foram avançados esta quarta-feira à “Lusa”.

Três exceções

Apenas três das 12 bacias hidrográficas contrariam a tendência verificada: Ave, Guadiana e Arade. Já quando comparada com a quantidade de água registada em novembro, a quantidade de água existente em 31 de dezembro era superior em seis bacias - Ave, Douro, Ribeiras do Oeste, Sado, Guadiana e Barlavento -, tendo diminuído noutras seis - Lima, Cávado, Mondego, Tejo, Mira e Arade.

Disponibilidades hídricas

De acordo com os dados, que serão publicados na página da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), das 60 albufeiras monitorizadas 11 tinham no final de dezembro de 2018 disponibilidades acima de 80%, enquanto outras 11 tinham disponibilidades inferiores a 40%.