Desporto

FC Porto ataca Benfica: "Grupo organizado de pacifistas pegou fogo a uma bancada"

FC Porto reagiu ao incidente após a derrota do Benfica em Portimão.

Pouco depois do fim da partida entre o Portimonense e o Benfica (2-0), esta quarta-feira, os adeptos encarnados atearam fogo a uma das bancadas do Estádio Municipal de Portimão, o que acabou por gerar algum pânico naquela zona.

O FC Porto reagiu esta quinta-feira recorrendo à ironia depois de o Benfica ter sugerido que o clube liderado por Pinto da Costa teria estado envolvido no ataque a uma autocarro depois do jogo frente ao Sporting de Braga e que feriu um adepto do Benfica.

"Há uma instituição em Portugal que deu nas vistas nos últimos dias pelos elogios rasgados que dedicou à justiça desportiva italiana (que, recorde-se, não precisou sequer de 24 horas para condenar o Inter de Milão à realização de dois jogos à porta fechada após uma ação violenta dos adeptos). Ontem, um grupo organizado de pacifistas, aparentemente apoiantes de um clube que também já foi condenado à realização de jogos à porta fechada, pegou fogo a uma bancada do estádio do Portimonense", pode ler-se na newsletter ‘Dragões Diário’.

"Aguarda-se para breve a reclamação óbvia, coerente e sonora da instituição adepta da justiça italiana: hão de exigir ação rápida e mão pesada", concluiu o FC Porto.