Desporto

Bola de Ouro. Buffon vê Mbappé e Neymar a ganhar cinco... cada um

Veterano guardião italiano rendido às qualidades dos agora seus colegas no PSG

É uma antecipação de cenário corajosa, mas vinda de quem vem tem de ser levada a sério. Gianluigi Buffon, um dos mais míticos guarda-redes da história do futebol, cumpre aos 40 anos a primeira temporada ao serviço do Paris Saint-Germain e revelou agora acreditar que o trono do futebol mundial pode vir a ser ocupado nos próximos anos por dois dos seus novos colegas de equipa: Neymar e Mbappé.

"Eles são um dos motivos que me levaram a vir para o PSG. O Kylian já o conhecemos todos, tem 20 anos e tem o mundo nas mãos. Se ele decidir que é capaz de ganhar cinco Bolas de Ouro nos próximos dez anos, vai consegui-lo. Tudo depende dele", começou por frisar Buffon, numa entrevista concedida a Alain Boghossian, ex-médio internacional francês que partilhou consigo o balneário no Parma entre 1998 e 2001.

Depois, Neymar. "Ele tem uma técnica, um talento, uma classe que eu provavelmente nunca tinha visto. Falo muitas vezes com o Neymar e digo-lhe: 'Tens 26 anos e ainda não ganhaste uma Bola de Ouro. Já a devias ter ganho, mesmo com Messi e Cristiano Ronaldo. Não tens de esperar que eles acabem, és tão bom como eles. Nos próximos cinco anos, tens de ganhar três. Três para ti e duas para o Kylian. Têm capacidade para isso'", atirou Buffon, num desafio de peso para os dois avançados.