Sociedade

Miguel Macedo absolvido de todos os crimes no âmbito do processo Vistos Gold

Tribunal não deu como provado que Miguel Macedo tivesse cometido os crimes de que foi acusado pelo MP. 

Miguel Macedo, antigo ministro da Administração Interna, foi hoje absolvido dos três crimes de prevaricação de titular de cargo político e um crime de tráfico de influência no âmbito do processo dos Vistos Gold.

O tribunal não deu como provado que Miguel Macedo, que apresentou a sua demissão na sequência de ter sido constituído arguido neste processo, tivesse cometido os crimes de que foi acusado pelo Ministério Público (MP).

Recorde-se que, no total, foram acusados 21 arguidos.