Economia

Turismo puxa pelo aparecimento de novas empresas

O número de novas empresas constituídas em Portugal avançou 10,4% em 2018, em comparação com o período homólogo, ultrapassando as 45 mil. 

O número de novas empresas constituídas em Portugal avançou 10,4% em 2018, em comparação com o período homólogo, ultrapassando as 45 mil.

Os dados foram revelados pelo barómetro anual da consultora Informa D&B e diz que o grande impulso vem dos 14,6% resultado das atividades ligadas ao turismo.

Nos últimos 12 meses, o número de empresas criadas por cada uma que encerra foi de 2,5 (rácio nascimentos/encerramentos), inferior aos 2,7 registados em 2017.

Por distrito, Lisboa foi o que registou maior número de constituições (15.798), uma subida de 13,7% "que é responsável por quase metade do crescimento de novas empresas".

Para o aumento do número de nascimentos, contribuíram também os distritos do Porto (8.142) e Setúbal (3.377) com avanços respetivos de 12,7% e 22%.

Por sua vez, os encerramentos de empresas aumentaram 18,6% no ano de referência, face a 2017, para 18.111.

Entre os setores com mais encerramentos, incluem-se a Construção (+424), Indústrias Transformadoras (+523) e os Grossistas (+450).

Já as insolvências de empresas e outras organizações totalizaram, no período em causa, 2.350, uma descida de 12,1%, comparativamente a 2017.