Desporto

"As coisas irão melhorar para Michael Schumacher”

Declarações do diretor desportivo da Formula 1, Rossi Brawn

O diretor desportivo da Formula 1 Rossi Brawn falou sobre o estado de saúde de Michael Schumacher e a forma otimista como a família tem lidado com este problema.

“Passaram momentos difíceis nestes cinco anos. Nunca se renderam nem deixaram de apoiar o Michael e seguem acreditando que ele vai seguir em frente”, disse à BBC.

Brawn conhecia bem Schumacher: tinha sido diretor técnico da Ferrari durante os cinco títulos consecutivos do piloto. Atualmente mantém uma relação próxima com os familiares do atleta.

“Todos estamos otimistas, à procura de soluções no futuro, e haverá um momento no qual as coisas irão melhorar para Michael”, afirmou.

Recorde-se que a família de Michael Schumacher emitiu na semana passada - precisamente um dia antes de o antigo piloto completar 50 anos de vida – um comunicado onde fala sobre o estado de saúde do atleta.

"Podem ter a certeza que ele está nas melhores mãos e que estamos a fazer tudo o que é humanamente possível para o ajudar. Por favor entendam que seguimos o desejo de Michael ao manter sob reserva, e em privacidade, um assunto tão delicado como é a sua saúde. Ao mesmo tempo agradecemos a amizade de todos e desejamos-vos um feliz 2019", lê-se no comunicado.