Sociedade

Ryanair. Passageiros que viajavam para Marselha ficaram retidos em Lisboa durante cinco horas

Passageiros estiveram praticamente cinco horas dentro do avião sem água nem comida 

Na madrugada desta quarta-feira, os passageiros que iam viajar pela Ryanair de Lisboa para Marselha, às 06h25, estiveram praticamente cinco horas retidos na pista, dentro do avião, sem que lhes fossem dadas quaisquer explicações.

Os passageiros apenas deixaram o avião eram já cerca das 11h00 e terão voltado a embarcar aproximadamente 45 minutos depois para seguirem viagem.

Em declarações ao Correio da Manhã, um dos passageiros a bordo disse que o ambiente acabou por se tornar tenso dentro do aparelho, uma vez que houve passageiros a sentirem-se mal depois de terem estado tempo tempo fechados.

A mesma testemunha disse que não foi dada água nem comida aos passageiros que se encontravam a bordo do avião.