Internacional

Revelados segredos de túmulo de casal que morreu há cerca de 4500 anos

Túmulo foi descoberto em 2016. Conclusões foram reveladas dois anos depois

Um homem e uma mulher foram enterrados juntos há cerca de 4500 anos no mesmo túmulo num cemitério de uma cidade na Índia.  Em 2016, arqueólogos e cientistas da Índia e da Coreia do Sul encontraram os esqueletos e durante dois anos investigaram as razões por detrás da sua morte.

Depois de analisarem as ossadas, as conclusões da investigação foram agora reveladas pela BBC.

"O homem e a mulher encaravam-se um ao outro de uma forma muito íntima. Acreditamos que eram um casal. E parece que morreram na mesma altura. Ainda assim, a forma como morreram continua um mistério", disse o arqueólogo Vasant Shinde, líder da equipa de investigação.

Ambos foram enterrados num poço de área com metro e meio de profundidade. Segundo a investigação, o homem teria 38 anos e a mulher 35.

O mistério permanece, já que ambos se mostraram “bastante saudáveis” quando morreram e os testes não detetaram nenhuma lesão ou anomalia.

Para os arqueólogos o enterro não foi resultado de "qualquer costume fúnebre realizado naquela época", e o casal morreu quase ao mesmo tempo, acabando assim por serem “enterrados juntos no mesmo túmulo".

Os investigadores descobriram ainda no túmulo potes de barro e joias de pedras semipreciosas, o que leva a crer que as pessoas acreditavam na vida depois da morte e ofereciam assim materiais para a vida seguinte.