Economia

Ford acaba com milhares de postos de trabalho e retira-se de mercados pouco rentáveis

O vice-presidente do grupo para a Europa afirmou ainda que serão tomadas medidas para mudar os negócios na Europa

DR  

O plano de reestruturação da Ford apresentado esta quinta-feira dá conta de um corte em "milhares" de postos de trabalho, como explica a própria, e ainda o fim de alguns mercados que até agora não eram rentáveis à empresa.

A empresa quer voltar aos bons resultados e, como tal, Steven Armstrong, vice-presidente do grupo para a Europa afirmou que estão a ser tomadas medidas para "transformar os negócios da Ford na Europa".

Os detalhes ainda não são conhecidos, mas a negociação com os sindicatos já começou por forma a serem decididos quantos postos serão eliminados no total.