Vida

Autoridades norte-americanas solicitam amostra de ADN a Ronaldo

Em causa está a investigação ao caso da alegada violação a Kathryn Mayorga

DR  

A polícia de Las Vegas solicitou a Cristiano Ronaldo uma amostra de ADN, no âmbito da investigação do caso da alegada violação a Kathryn Mayorga, em Las Vegas.

De acordo com a notícia avançada pelo site norte-americano TMZ, o internacional português continua a querer cooperar com as autoridades norte-americanas para provar que está inocente.

Assim, a polícia terá procurado Ronaldo, que continua a negar todas as acusações, na última semana para solicitar uma amostra de ADN.

Recorde-se que Cristiano Ronaldo conheceu Kathryn Mayorga em Las Vegas, no ano de 2009. A norte-americana afirma que o craque português a terá violado e que, para se manter em silêncio e não apresentar queixa, assinou um documento no qual Cristiano se comprometia a pagar 375 mil dólares – cerca de 324 mil euros.