Vida

Cantor e ativista LGBT Kevin Fret assassinado em Porto Rico

Kevin Fret tinha 24 anos

DR  

O cantor e ativista LGBT Kevin Fret foi assassinado em San Juan, Porto Rico, na última madrugada.

Segundo a impressa local, o artista, de 24 anos, foi assassinado com vários tiros enquanto estava a andar de mota. Apesar de ainda ter sido transportado de urgência para o hospital, acabou por não resistir aos ferimentos.

Eduardo Rodriguez, representante do cantor, relembrou o jovem como um “sonhador de coração cheio”.

Homossexual assumido, Kevin Fret defendia a comunidade LGBT e tentava abrir portas no meio artístico a outros artistas da comunidade.