Internacional

A história de uma bebé de 18 meses que sobreviveu 58 horas num poço | VÍDEO

‘Baby Jessica’ foi salva de um poço após 58 horas graças a uma manobra semelhante à de Málaga

O menino espanhol que caiu num poço com mais de 100 metros de profundidade e 25 centímetros de diâmetro em Málaga, Espanha, no domingo, está preso há cerca de 48 horas, e as autoridades não perdem a esperança de o resgatar com vida.

Ainda é possível um milagre, veja-se o exemplo de ‘baby Jessica’, um caso semelhante de uma criança de 18 meses que caiu num buraco no Texas em outubro de 1987 e que foi retirada com vida após 58 horas de operação de resgate.

Jessica McClure, atualmente com 32 anos, não tem memórias na primeira pessoa do incidente que comoveu um país inteiro. Ronald reagan, Presidente dos EUA na altura, chegou a dizer: “somos todos padrinhos e madrinhas de Jessica”.

A bebé de ano e meio estava a brincar com outras crianças no quintal de uma tia sob supervisão da mãe, com 17 anos na altura, que entrou dentro de casa para atender uma chamada, voltando pouco depois alertada pelos gritos dos miúdos. Jessica tinha caído por um buraco, um poço abandonado com apenas 20 centímetros de diâmetro.

Alertadas de imediato, as autoridades acreditavam que iriam retirar a criança em pouco tempo, mas estavam enganados, pois a estratégia da escavação de um poço paralelo revelou ser demasiado morosa, devido à constituição do terreno. Jessica estava rodeada de pedra e não de terra, como inicialmente se pensou.

À superfície não ouvia qualquer som, temia-se o pior, mas quando o segundo buraco ficou pronto e se começou a fazer a ponte para o primeiro, onde estava a bebé, ouviram-se gemidos. As equipas de socorro redobraram esforços.

Cerca de 58 horas após a queda, o paramédico Robert O'Donnell conseguiu retirar Jessica com vida. Estava coberta de lama e desidratada e tinha uma infeção no pé, que a obrigou a ser submetida a 15 cirurgias e a perder um dos dedos devido a gangrena.

O paramédico tornou-se num herói nacional, mas quando o caso caiu no esquecimento voltou ao anonimato. No entanto, Robert O'Donnell terá ficado com stress pós-traumático após o resgate, nunca tendo recuperado do caminho demasiado curto entre a glória e o esquecimento. Suicidou-se em 1995, oito anos depois do salvamento.