Internacional

Nova caravana de emigrantes rumo aos EUA

Centenas de hondurenhos fizeram-se ontem à estrada rumo aos Estados Unidos, fugindo do crime e da miséria ,em busca de vida melhor no vizinho do norte. Mesmo sabendo que não serão bem recebidos

Centenas de hondurenhos fizeram-se ontem à estrada rumo aos Estados Unidos, fugindo do crime e da miséria ,em busca de vida melhor no vizinho do norte. Mesmo com as notícias de que não serão bem recebidos, um primeiro grupo de cerca de 500 pessoas partiu durante a manhã de San Pedro Sula, tendo outro grupo de mais ou menos 300 partido algumas horas depois.

San Pedro Sula está entre as cidades mais violentas do mundo (já chegou mesmo a ser a mais violenta), com uma taxa de homicídio em 2017 de 51,18 por cada 100 mil residentes. 

“Aqui, mesmo quando tens trabalho, aquilo que te pagam só dá para comer”, disse à BBC Josué, de 20 anos, que sonha em ganhar nos EUA dinheiro suficiente para construir uma casa para a sua família. “Somos quatro na família e continuamos a viver numa barraca”, acrescentou. 

Com El Salvador e Guatemala, o país faz parte do chamado Triângulo Nortenho da América Central, uma das zonas mais violentas do planeta. A violência nas Honduras, tal como nos dois países vizinhos, está ligada ao tráfico de droga e à rivalidade entre gangues que acaba muitas vezes por vitimar o cidadão comum.