Internacional

Cabelo encontrado no poço pertence a Julen

Resultados de ADN confirmam que cabelo retirado do poço no primeiro dia é do menino

As autoridades confirmam que um cabelo encontrado após o desaparecimento do menino de dois anos que caiu num poço, com mais de 100 metros de profundidade e 25 centímetros de diâmetro em Málaga, pertence a Julen, segundo os resultados de ADN.

A informação foi avançada por Alfonso Rodríguez Gómez de Celis, delegado do governo de Andaluzia. “Foi encontrado um pouco de cabelo no túnel e as provas realizadas pela Guardia Civil revelam que é da criança. Dá-nos uma certa certeza de que o menino está ali, no poço", disse, citado por vários órgãos espanhóis.

Julen está preso no poço há mais de 60 horas e os trabalhos de escavação do túnel lateral horizontal continuam.