Sociedade

Jovem de 20 anos comprava ecstasy na darknet para vender em festas

A jovem, residente em Pombal, tinha consigo 101 comprimidos de ecstasy e as autoridades detiveram ainda 33,42 gramas de haxixe e artigos utilizados na produção de canábis

Uma jovem de 20 anos foi detida pela Polícia Judiciária (PJ), em Pombal, por suspeitas de tráfico de droga. Aquando da detenção, a jovem tinha consigo 101 comprimidos de ecstasy para venda.

Segundo o comunicado enviado pela PJ, a droga que a suspeita tinha em sua posse – que totalizava um peso bruto de 52,64 gramas – destinava-se ao consumo e comercialização “em festas trance e outros espaços de diversão noturna”, onde, segundo as autoridades existe muita procura destes produtos.

Para além do ecstasy, a PJ apreendeu ainda 33,42 gramas de haxixe, uma balança de precisão e outros artigos utilizados no cultivo e produção de canábis.

A detenção aconteceu na sequência de uma investigação que tem como objetivo o combate à importação de estupefacientes e drogas sintéticas. A utilização da darknet para o tráfico de drogas é uma das preocupações das autoridades.

A jovem já foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo ficado obrigada a apresentar-se duas vezes por semana às autoridades, como medida de coação.