Sociedade

Cadáver encontrado junto às portagens em Palmela

Homem sofria de alzheimer e de epilepsia e estava desaparecido há dias

O corpo de Timofei Pavlicenco, um imigrante moldavo de 75 anos que estava desaparecido desde sexta-feira, foi encontrado esta quarta-feira, perto das cabines das portagens de acesso à A12, no Pinhal Novo, em Palmela.

Timofei Pavlicenco, que sofria de alzheimer e epilepsia, estava a ser procurado pela família e pelas autoridades, incluindo a Polícia Judiciária de Setúbal.

Quando foi encontrado, o moldavo tinha o pé preso numa rede de arame farpado, escreveu o Correio da Manhã, adiantando que a morte do imigrante se terá ficado a dever a uma queda.

O corpo foi retirado do local e transportado para a morgue, onde será sujeito a autópsia.