Politica

PSD. Tempo de intervenção reduzido para três minutos

A decisão de encurtar as intervenções partiu do presidente do Conselho Nacional do PSD

DR  

O tempo de intervenção de cada conselheiro nacional foi reduzido de cinco para três minutos, segundo anunciou Castro Almeida.

A decisão de encurtar as intervenções partiu do presidente do Conselho Nacional do PSD, Paulo Mota Pinto, para acelerar os trabalhos, já que falta falarem cerca de 30 conselheiros, segundo apurou o i.

O vice-presidente fez a revelação cerca das 00h15 desta sexta-feira, no Conselho Nacional do PSD, órgão máximo entre congressos do Partido Social Democrata, que está a decorrer desde o meio da tarde de quinta-feira, no Porto.

O conclave partidário visa discutir da eventual marcação de eleições internas, caso não seja aprovada a moção de confiança ao presidente, Rui Rio, desafiado por Luís Montenegro, que se propõe liderar o PSD.