Politica

Costa diz que "cada um trata do seu partido"

Primeiro-ministro recusa comentar situação do PSD

O primeiro-ministro, António Costa, não quis reagir à aprovação, esta sexta-feira de madrugada, da moção de confiança à atual direção do PSD, encabeçada por Rui Rio.

Recusando comentar questão, Costa afirmou apenas que “sobre os outros partidos, não opino. Cada um trata do seu".

António Costa falava aos jornalistas, em Mortágua, distrito de Viseu, à margem da cerimónia de assinatura do contrato para a empreitada de requalificação do troço do IP3, entre os nós de Penacova e Lagoa Azul.

Recorde-se que faz precisamente hoje uma semana que o antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro desafiou o líder do seu partido Rui Rio a marcar eleições antecipadas para haver uma clarificação da posição dos militantes face à direção social-democrata.

Rui Rio recusou a ideia e preferiu antes convocar o Concelho Nacional do PSD para votarem numa moção de confiança à sua liderança.

Esta madrugada, os militantes com assento no Concelho Nacional do PSD aprovaram, através de voto secreto, a moção de confiança à direção de Rui Rio, com 75 votos a favor, 50 contra e um voto nulo.