Vida

Homem vive com cadáver da mulher durante uma semana

Explicou que não estava capaz de fazer o luto

Um inglês, de 54 anos, viveu com o corpo da sua mulher morta durante quase uma semana, por não conseguir fazer o luto, em casa, na zona de Lincolnshire, Inglaterra.

A mulher, também de 54 anos, foi encontrada morta no sofá pelo próprio marido, que não soube lidar com a morte da companheira.

O caso insólito remonta a maio do ano passado, mas veio agora a público porque houve um inquérito policial sobre as circunstâncias da morte da mulher.

De acordo com a imprensa inglesa, o homem, com historial de alcoolismo, após ter descoberto a mulher começou a beber sem parar durante uns dias, tendo chegado a usar o cartão de crédito da mulher para comprar mais bebidas alcoólicas.

Depois, fugiu para casa dos pais, tendo enviado uma mensagem a um amigo da mulher a contar a situação. Foi aliás esse amigo que alertou as autoridades.

O cadáver da mulher foi autopsiado, mas esta foi inconclusiva quanto às causas de morte, tendo o caso sido alvo de uma investigação.

Após o depoimento de várias pessoas, entre elas o médico legista, concluiu-se que a morte da mulher se ficou a dever a uma vida de excesso de álcool.