Internacional

Google condenada a multa recorde devido ao novo regulamento de dados

Esta é a primeira vez que a empresa é condenada a pagar uma multa por parte de uma entidade europeia 

DR  

A Google foi condenada a pagar uma multa de mais de 50 milhões de euros. 

Segundo o Le Monde, a "falta de transparência, informações insatisfatória e falta de consentimento válido para a personalização da publicidade" por parte dos utilizadores está na base da condenação mais alta até agora sofrida pela empresa tecnológica. 

"Informações essenciais, tais como as finalidades para as quais os dados são processados, o período de tempo em que os dados são armazenados ou as categorias de dados usadas para personalizar o anúncio, estão espalhadas de forma excessiva em vários documentos, que incluem botões e links que é necessário acionar para ler as informações adicionais", foram as razões apresentadas pela Comissão Nacional de Informática e Liberdade (CNIL) que terá recebido duas reclamações no passado mês de maio. 

Esta é a primeira vez que a empresa é condenada a pagar uma multa por parte de uma entidade europeia.