Economia

Dormidas turísticas subiram 1,7% em 2018

. Mas ainda assim, fica abaixo da média da União Europeia que registou um crescimento de 2,2% para  3,1 mil milhões.

O número de noites passadas em estabelecimentos turísticos subiu 1,7% em 2018, totalizando os  73,3 milhões. Mas ainda assim, fica abaixo da média da União Europeia que registou um crescimento de 2,2% para  3,1 mil milhões, revelam os dados do Eurostat.

No ano passado, a Espanha teve o maior número de dormidas (467 milhões, um recuo de 0,9% face a 2017), seguida da França (444 milhões, mais 2,4%), Itália  (429 milhões, mais 1,9%) e Alemanha (419 milhões, mais 4,3%), revelam os mesmos dados.

Em Portugal, mais de metade (67%) das estadas em alojamento turístico foram de não residentes (UE 46%), com Malta na liderança deste comportamento (96%), seguindo-se Chipre (95%), Croácia (93%) e Luxemburgo (89%).