Politica

Santos Silva. Ou Maduro aceita eleições, ou UE reconhece Guaidó

Declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros

O ministro dos Negócios Estrangeiros deixou esta sexta-feira um aviso: ou Nicolás Maduro aceita realizar eleições ou a União Europeia (UE) irá reconhecer Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela.

"Se Nicolas Maduro mantiver a intransigência e se recusar a participar nesta solução de transição pacífica, isso significa que mais ninguém poderá contar com ele [...] deixará de ser interlocutor válido" para a comunidade internacional, disse Augusto Santos Silva aos jornalistas.

Caso isso aconteça, isso implicará que se reconheça que “só a Assembleia Nacional e seu presidente estarão em condições de conduzir o processo eleitoral".

Recorde-se que a Venezuela vive uma crise presidencial: Juan Guaidó autoproclamou-se presidente interino do país, no seguimento dos vários protestos contra Nicolás Maduro, que tomou posse como presidente em janeiro. Vários países reconheceram Guaidó, mas Maduro não dá sinais de dar o braço a torcer.