Vida

"Ele [Michael Jackson] estava sempre a pedir-me para dormir com ele"

Conhecido por Michael Jackon como ‘Rubba Rubba’, Jacobshagen admite que só agora, que é pai de três crianças, percebeu a realidade do que sofreu por parte do artista

Michael Jacobshagen, de 35 anos, partilhou com Michael Jackson várias digressões quando tinha apenas 14 anos. Agora, em entrevista ao 'Sunday Mirror', Michael admite que foi “abusado” pela estrela pop.

Conhecido por Michael Jackon como ‘Rubba Rubba’, Jacobshagen admite que só agora, que é pai de três crianças, percebeu a realidade do que sofreu por parte do artista.

“Ele ultrapassou a marca comigo e com outras crianças”, começou por dizer, acrescentando ainda que hoje tem a mesma idade que Michael Jackson tinha quando se conheceram.

"Ele estava sempre a pedir-me para dormir com ele. Eu dizia-lhe ‘não Michael, eu posso dormir no meu quarto. Mas ele insistia e pedia-me para fazê-lo por ele”, relembrou.

Segundo o jornal britânico, Jacobshagen garante ainda que o artista o “tocou de forma inadequada” depois de se abraçar a ele na cama e que a situação piorava sempre se o cantor estivesse sob medicação. Michael Jackson terá ainda entrado nu num jacuzzi na companhia de menores e deu a Jacobshagen um livro “com imagens de rapazes nus”. Para comprar o seu silêncio, a estrela pop oferecia-lhe vários presentes.

Atualmente, Michael Jacobshagen é relações públicas e vive em Munique, na Alemanha. Na altura, Jacobshagen chegou a ser fotografado por várias vezes com Michael Jackson.

“Isto afetou-me psicologicamente, mas nunca contei a Michael. Isto fazia-me sentir vergonha. Os professores alertaram a minha mãe sobre as alegações sobre Michael, mas ela disse que era uma decisão minha se eu quisesse continuar a vê-lo”, recordou.

“Ele nunca realizou um ato sexual explícito sobre mim, mas havia intenções sexuais”, alegou.

“Quando me tornei homem, ele não tinha tanto interesse em mim. Quando o fui visitar a última vez ele não me pediu para dormir com ele. Tive que dormir no sofá”, referiu, “Os fãs não gostarão de ouvir dizer estas coisas. Tratam-no como um Deus. Mas é a verdade”, concluiu.

Veja as imagens de Jacobshagen em criança com o artista aqui.