Economia

Semáforos e túneis. EMEL vai ter novas competências

Até agora as funções estavam ligadas ao estacionamento em Lisboa

A EMEL vai passar a ter novas competências. Até agora as funções estavam ligadas ao estacionamento em Lisboa, mas vão passar a ser mais abrangentes: gerir a rede de semáforos e túneis da capital. De acordo com a EMEL, “a Câmara [Municipal de Lisboa] entende que nós temos muito mais aptidões, por sermos a empresa de mobilidade da cidade de Lisboa, de levar à prática estas tarefas”.

A alteração dos estatutos desta empresa foi o principal tema de debate na reunião do executivo municipal. Os vereadores da Mobilidade, Miguel Gaspar, e das Finanças, João Paulo Saraiva, são os responsáveis pela proposta.

À margem de tudo isto, Luís Natal Marques, presidente da EMEL, fez saber que há outros pontos importante quando o assunto é o futuro. Além do reforço de competências, a EMEL passará ainda a coordenar as atividades do Observatório Nacional do projeto europeu que, nos próximos três anos, vai encontrar soluções para o facto de as mulheres utilizarem menos os transportes públicos.