Desporto

Benfica-Boavista. Águia aplica ‘chapa cinco’ antes do duplo dérbi

Águias reforçam o 2.º lugar, com 44 pontos, menos dois que o líder FC Porto, que defronta amanhã o Belenenses SAD

O Benfica recebeu e venceu o Boavista, por 5-1, na noite desta terça-feira.

João Félix inaugurou o marcador aos 9 minutos e Pizzi, aos 28’, aumentou a vantagem. Ainda na primeira metade do encontro, mas contra a corrente do jogo, Talocha (42’) reduziu para a formação axadrezada, que apesar de ter oficializado Lito Vidigal no domingo, para render o técnico Jorge Simão, apresentou-se ontem com o treinador interino Jorge Couto no banco.

A segunda parte do jogo veio confirmar a verdade do jogo: a superioridade encarnada.

Com um bis do suíço Seferovic, com golos apontados aos 54’ e 72’, e um golaço de Grimaldo, a quatro minutos do fim do tempo regulamentar, os comandados de Bruno Lage reforçaram a segunda posição na tabela classificativa, e somam agora 44 pontos, menos dois que o líder FC Porto.

Nos últimos suspiros da partida, a formação portuense ainda teve a oportunidade de reduzir para 5-2, mas Mateus, da marca do castigo máximo, permitiu a defesa de Vlachodimos.

Com a derrota, o Boavista termina a jornada no 16.ª posto, o primeiro lugar da zona de despromoção.

duplo dérbi à espreita Cumprido (e com sucesso) o compromisso com o Boavista, o Benfica vai começar já a preparar o dérbi com o Sporting, agendado para o fim-de-semana, que será, de resto, servido em dose dupla.

No domingo (3 de fevereiro), os encarnados deslocam-se até ao outro lado da 2.ª circular para defrontar os leões no Estádio José Alvalade, em jogo da jornada 20 da Liga portuguesa.

Três dias depois, na quarta-feira, os dois emblemas da capital portuguesa voltam a cruzar caminho, desta feita no Estádio da Luz, para protagonizarem o primeiro de dois duelos referentes às meias-finais da Taça de Portugal.

Apesar de os comandados de Bruno Lage já estarem focados nesta dupla prova de fogo, o Sporting só esta quinta-feira irá começar a delinear a estatégia relativa a estes dois encontros.

Isto porque, na tarde de amanhã, o leão de Marcel Keizer ainda terá um desafio pela frente: o V.Setúbal.

O emblema leonino desloca-se esta tarde até ao Bonfim numa tentativa de manter a esperança pelos primeiros lugares na tabela classificativa bem viva já que um triunfo diante dos sadinos deixaria o Benfica com três pontos de vantagem e, consequentemente, um dérbi escaldante no horizonte. Recorde-se que na época transata, o emblema de Alvalade não foi além de um empate em casa da formação vitoriana, que, ainda assim, neste momento atravessa uma fase particular – é atualmente 13.º na tabela e está agora sob as ordens de Sandro Mendes, sucessor de Lito Vidigal, que abandonou o cargo de treinador da equipa na passada sexta-feira.

Já o conjunto verde-e-branco atravessa, de resto, a melhor fase da época depois de ter conquistado no passado sábado a Taça da Liga, o primeiro troféu da época, diante do FC Porto.

Por último, e já depois do V.Setúbal-Sporting, será precisamente a vez de o dragão receber o Belenenses SAD, naquele que será a última partida desta ronda 19 do campeonato.

O atual campeão nacional mantém-se isolado no primeiro lugar na tabela (46 pontos) e pretende, por isso, reforçar esta liderança diante do conjunto orientado por Silas. Para trás, Sérgio Conceição quer deixar a derrota do único troféu que os azuis-e-brancos ainda não conseguiram conquistar, bem como toda a polémica em que aquela final acabou por estar envolta.
Recorde-se que o FC Porto é o terceiro semi-finalista da prova-rainha do futebol português, mas devido ao regresso da Liga dos Campeões, o jogo com o Braga (último semi-finalista da prova) só será disputado a 26 de fevereiro.
Os azuis-e-brancos voltam a entrar em ação na prova milionária já no dia 12 do próximo mês, diante dos italianos do Roma, em jogo dos oitavos-de-final.

Benfica e Sporting na Liga Europa Já depois do duplo dérbi, as águias e os leões ainda vão ter mais um jogo a contar para a I Liga, com o Nacional e o Feirense, respetivamente, antes de darem cartas na Liga Europa. Os dois emblemas portugueses presentes na prova europeia vão discutir no mesmo dia (14 de fevereiro) a primeira mão dos 16 avos de final da competição. As águias vão medir forças com o Galatasaray, na Turquia; enquanto os comandos do técnico holandês vão receber os espanhóis do Villarreal, em Alvalade. De notar que o submarino amarelo anunciou ontem o regresso de Javier Calleja, técnico que havia sido despedido em dezembro passado devido aos maus resultados do clube.