Economia

Testes de condução autónoma começam na China

O grupo de marcas como a Peugeot e Opel foi a primeira a testar este tipo de veículos, em 2015.

O grupo PSA vai iniciar os testes de condução autónoma na China. Os testes são pioneiros para um construtor francês na China. 

A fábrica de marcas como Peugeot e Opel irá agora ambientar-se às necessidades dos clientes chineses uma vez que a experiência em solo europeu permitiu que este tipo de veículos se ambienta-se ao local onde se encontrava. "O desafio consiste em integrar a tecnologia do Groupe PSA no ecossistema chinês, tendo em conta as diferenças relacionadas com o meio ambiente, infraestruturas, sistemas de localização geográfica e comportamentos dos utilizadores", assume o grupo em comunicado. 

“Obter permissão para fazer testes de condução autónoma nas estradas da China é um marco importante para o Groupe PSA, sabendo-se que a China é o maior mercado de automóveis do mundo e que conhece um ‘boom’ no desenvolvimento da tecnologia de condução autónoma. Este é um importante ponto de viragem para o nosso programa ‘AVA - Autonomous Vehicle for All’, que visa desenvolver veículos autónomos seguros e intuitivos para todo o tipo de clientes. É também um novo ponto de partida, a partir do qual iremos continuar a beneficiar os nossos clientes chineses com as nossas tecnologias de ponta", refere Carla Gohin. diretora de Inovação do Groupe PSA. 

O PSA foi o primeiro grupo a testar viaturas autónomas em estradas, iniciando os testes em França em julho de 2015 e pioneiro no que diz respeito às autorizações necessárias para condução em modo automático, em março de 2017.