Sociedade

Mãe de 25 anos encontrada pelo filho foi morta pelo namorado ciumento

Suspeito é bombeiro de 26 anos e já terá confessado o crime

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve, esta quinta-feira, o suspeito do homicídio da jovem de 25 anos, que terá sido encontrada morta em casa pelo filho de cinco anos em Moimenta da Beira, no distrito de Viseu.

"As diligências investigatórias, imediatamente desencadeadas após o conhecimento da situação, levaram à identificação do presumível autor, bem como à apreensão de vários elementos de prova", refere a PJ em comunicado.

O suspeito, um bombeiro de 26 anos, com quem a vítima tinha uma relação acabou por matar a jovem de 25 anos na sequência de uma discussão motivada por ciúmes, segundo o Correio da Manhã.

O homem terá já confessado o crime às autoridades, disse fonte policial ao Jornal de Notícias. O detido vai ser presente a tribunal para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação.

Recorde-se que o corpo da jovem foi encontrado na quinta-feira de manhã. Na altura, o comandante dos bombeiros voluntários, José Alberto Requeijo, contou ao Jornal de Notícias que a mulher vivia com os dois filhos, de dois e cinco anos de idade, tendo sido o mais velho a alertar a avó, que vive no mesmo edifício com outra filha.

No entanto, fonte da GNR indicou ao Jornal de Notícias que foi a irmã da vítima quem deu alerta às autoridades.

A tia terá ficado a tomar conta dos sobrinhos durante a noite para a irmã ir trabalhar, de manhã quando foi a casa da vítima preparar um deles para a escola, terão encontrado o corpo.