Economia

Fraude: Se alguém bater à porta e disser que é colaborador da ERSE, não acredite

Regulador aconselha os clientes a pedir identificação a supostos trabalhadores que queiram ter acesso a faturas e dados pessoais

dr  

Más práticas por parte dos comercializadores preocupam Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) que deixa o aviso aos clientes para nunca mostrarem faturas de eletricidade ou gás natural a alegados colaboradores da ERSE porque se trata de fraude.

"Nunca mostre ou dê informação pessoal, incluindo dados bancários ou outros, sem primeiro confirmar a identidade e a atividade de quem o contacta", alerta a ERSE que explicou ainda, num aviso deixado no site oficial, que não vende energia, "nem procura os consumidores em suas casas para ver os contadores ou as faturas recebidas" e pede a todos os que forem procurados por estes supostos colaboradores peçam sempre identificação.

"A ERSE é uma entidade pública e só comunica diretamente com consumidores que antes a tenham contactado", diz ainda o regulador.