Sociedade

Procurado pela GNR é apanhado em imagens da visita de Santana Lopes ao Bairro da Jamaica

Homem era procurado por ameaças e perseguição à ex-mulher. Ficou com pulseira eletrónica

João Malheiro era procurado pela GNR devido a um caso de violência doméstica, mas as autoridades desconheciam o seu paradeiro exato. Depois de surgir nas imagens televisivas da visita de Pedro Santana Lopes ao Bairro da Jamaica, no Seixal, na segunda-feira passada, acabou detido.

O homem de 46 anos foi um dos simpatizantes do Aliança, fundado recentemente por Santana Lopes, que acompanhou o líder do partido na visita ao bairro do Seixal. João Malheiro é suspeito de agredir e perseguir a ex-mulher, segundo o Jornal de Notícias.

A sua ex-mulher mudou-se de Lisboa para a Lousada após o divórcio, mas o homem, que é vendedor de carros, nunca aceitou a decisão e deu inicio a uma série de ameaças e perseguições.

Recentemente, o homem tentou invadir a casa da ex-companheira, onde esta vive com o filho de ambos, de 14 anos. Agredida, a mulher alertou as autoridades, que quando chegaram ao local já o suspeito tinha fugido.

Sabia-se que João Malheiro vivia na zona da Grande Lisboa, mas o seu paradeiro era incerto, até que na semana passada as imagens transmitidas pela televisão levaram as autoridades a reconhecer o suspeito e a chegar até ele.

O homem foi detido pela GNR de Sesimbra e após interrogatório ficou obrigado a utilizar pulseira eletrónica para não se aproximar da ex-mulher.