Sociedade

Lobo ibérico morto numa armadilha em Paredes de Coura

Um lobo ibérico foi morto com um tiro na nuca, através de uma armadilha colocada num terreno situado no concelho de Paredes de Coura, do distrito de Viana do Castelo.

A armadilha fatal, mais conhecida por “laço”, despoleta um tiro logo que é calcada, como sucedeu este domingo, na freguesia de Cunha, em Paredes de Coura.

Segundo referiu Carlos Pontes, especialista no estudo dos lobos, “este é o quarto que tenho conhecimento este ano”, sendo o lobo ibérico é uma espécie protegida em Portugal.

“Este lindo macho adulto tropeçou em mais uma cruel armadilha do homem em plena época de reprodução”, lamenta Carlos Pontes.

“Sendo membro de uma alcateia bastante instável, conforme posição hierárquica, a morte deste bicho pode influenciar diretamente e por em causa o sucesso de reprodução desta alcateia”, acrescenta o mesmo especialista.

“Apenas pergunto, quando irá a raça humana ganhar a devida dignidade pelo nome que tem?”, conclui Carlos Pontes.