Internacional

"Não tenho esperança que o Emiliano esteja vivo"

Recorde-se que o avião, um monomotor Piper PA-46-310P Malibu, desapareceu dos radares quando o jogador e um piloto seguiam viagem de Nantes para Cardiff 

Depois ter sido encontrado, no último domingo, um corpo entre os destroços do avião em que viajava Emiliano Sala, o pai do futebolista, Horacio Sala, disse esta segunda-feira que já não tem esperanças de que o filho esteja vivo.

“Acabou a esperança", começou por dizer em declarações a alguns órgãos de comunicação social argentinos.

"Não tenho esperança que o Emiliano esteja vivo. Seria um milagre. Agora, sim, acabou a nossa esperança. Não me restam mais palavras. Não conseguimos acreditar em nada do que está a acontecer. Esperemos que os dois corpos sejam resgatados de entre os destroços, para aliviar um pouco mais toda esta dor", acrescentou.

Recorde-se que o avião, um monomotor Piper PA-46-310P Malibu, desapareceu dos radares quando o jogador e um piloto seguiam viagem de Nantes para Cardiff num voo privado. Fora Sala a marcar o voo, recusando a oferta de transporte do clube inglês.