Politica

Presidente da Câmara de Estremoz perde mandato

O presidente da Câmara de Estremoz, Luís Mourinha, perdeu ontem o mandato depois de ter sido condenado pelo crime de prevaricação.

Eleito por um movimento independente, Luís Mourinha esteve ontem pela última vez aos comandos da autarquia. A condenação resultou de uma queixa de 2010 contra o autarca que cortou um subsídio à Liga dos Amigos do Castelo de Evoramonte.

A liderança do município alentejano passou a ser assumida pelo vice-presidente, Francisco Ramos, de 58 anos, que ocupava este cargo desde 2009, também eleito pelo Movimento Independente por Estremoz (MiETZ).