Internacional

Manif em Paris. Começam a surgir sinais de violência | VÍDEO

Coletes amarelos 'colaram-se' à manifestação desta terça-feira

Os coletes amarelos e a central sindical francesa CGT uniram-se na greve geral marcada para esta terça-feira. Ao que o SOL apurou no local, os coletes encabeçam a manifestação e a CGT mantém-se atrás, mantendo-se distante daqueles que estão preparados para partir para a violência.

A cada metro percorrido aumentam os ânimos. Sente se um ambiente de conflito no ar, com very lights e imensas pessoas de preto.  Na marcha, a cor vermelha (coletes da CGT) é a predominante. À frente, as cores amarelo e preta (dos chamados black blocks) ganham destaque.

“Macron, demissão” é o que mais se ouve nas ruas de Paris, numa altura em que a manifestação passa pelas zonas mais luxuosas da capital francesa. Começam a surgir sinais de violência: alguns manifestantes destruíram caixas multibanco e montras de lojas. A polícia já está no local para conter os protestos.

Segundo o SOL apurou no local, a polícia francesa recorreu a granadas de gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes. Veja as imagens em baixo.