Desporto

Keizer: "Não se consegue mudar uma equipa em dois ou três meses"

O treinador do Sporting pede mais tempo para poder passar as ideias aos jogadores e promete alterações no dérbi desta quarta-feira com o Benfica, na Luz, agora para a Taça de Portugal

Três dias depois da pesada derrota sofrida em pleno Estádio de Alvalade perante o Benfica, então para o campeonato, o Sporting desloca-se esta quarta-feira à Luz para voltar a defrontar o maior rival, agora em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal. Na antevisão do encontro, Marcel Keizer pediu mais tempo aos críticos - recorde-se que o técnico holandês chegou a ser brindado com lenços brancos após o desaire de domingo (2-4).

"Não é por causa de uma derrota que deixámos de saber jogar futebol, temos de recuperar desse jogo e continuar. Não se consegue mudar a equipa em dois ou três meses, não é possível. Temos de dar os passos certos e evoluir, e é isso que estamos a tentar fazer", frisou, completando depois a ideia: "Não podemos voltar atrás no tempo, a questão 'se' não é possível. Claro que vamos fazer alguns ajustes, imagino que os adeptos não tenham ficado satisfeitos com este jogo, mas os jogadores e o treinador também não. Toda a gente entende isso, foi uma grande desilusão e temos de recuperar disso e mostrar o nosso valor. Os adeptos do Sporting querem que joguemos bom futebol, claro que não estão satisfeitos com o último jogo, tal como nós, mas agora é um jogo de Taça de Portugal, temos dois jogos para tentar estar na final e estou confiante porque ganhámos a última Taça [da Liga]."

Em relação à equipa que irá apresentar para nova partida contra as águias, o treinador leonino assumiu que deverá proceder a algumas alterações, com a titularidade de Tiago Ilori a ser uma forte possibilidade. "Pode jogar, amanhã veremos o onze. Já disse que vamos fazer algumas alterações, precisamos de jogadores frescos e de energia na equipa, mas não vou dizer a equipa inicial para amanhã", salientou, revelando apenas que Acuña recuperou da lesão que sofreu na final four da Taça da Liga e que "estará disponível" para a partida desta quarta-feira.

Pelo meio, Marcel Keizer confirmou ainda que o presidente Frederico Varandas esteve reunido com o plantel, depois da derrota no dérbi. "Estivemos na reunião. Vimos que fizemos algumas coisas boas, outras más. O presidente falou com os atletas sobre o clube e sobre este projeto. Disse que às vezes há percalços e temos de reagir", realçou o técnico, sentenciando a conferência desta forma: "Ganhar? Digo sempre isto: num clube como este temos de ganhar todos os jogos. Amanhã não é diferente."

Pouco depois ficou conhecida a lista de convocados dos leões, onde se destacam os regressos de Acuña e Doumbia - o médio marfinense contratado neste mercado de inverno, que foi titular em Setúbal mas depois ficou fora dos eleitos de Keizer para o dérbi de domingo. Em sentido contrário, Nani, a contas com problemas físicos (saiu ao intervalo no domingo), não vai à Luz, tal como o central Mathieu, que continua de fora por lesão - além do lesionado de longa duração Battaglia e de Ristovski, que cumpre o segundo jogo de castigo após a expulsão em Setúbal por palavras dirigidas ao árbitro da partida com os sadinos.

 

 

 

Lista de convocados do Sporting

Guarda-redes: Salin, Renan e Luís Maximiano

Defesas: Bruno Gaspar, Coates, Ilori, Jefferson, André Pinto, Acuña e Borja

Médios: Doumbia, Gudelj, Wendel, Petrovic e Bruno Fernandes

Avançados: Raphinha, Jovane Cabral, Diaby, Bas Dost e Luiz Phellype