Internacional

Declarado estado de emergência no Rio de Janeiro devido ao mau tempo. Há 6 mortos confirmados | VÍDEOS

O Rio de Janeiro, no Brasil, está a ser assolado pelo mau tempo e estão a fazer-se sentir fortes rajadas de vento. Além disso, várias ruas estão inundadas e já houve deslizamentos de terras que deixaram a cidade sem eletricidade ontem à noite.

A chuva forte que caiu ao longo destes dias no Rio de Janeiro - acompanhada de ventos com mais de 100 quilómetros por hora – já causou vários apagões na cidade, derrubou árvores e alagou ruas, tendo feito, no total, seis vítimas mortais.

O sexto e último corpo foi localizado ao início desta tarde dentro de um autocarro que ficou soterrado depois de ter ocorrido um deslizamento de terras na avenida Oscar Niemeyer, na zona oeste da cidade.

Uma das seis vítimas mortais é uma mulher que morreu soterrada dentro da sua própria casa, em Guaratiba, de acordo com o Corpo dos Bombeiros. A segunda vítima mortal estaria também dentro da mesma casa, mas essa informação ainda não foi confirmada pelas autoridades locais.

Já a terceira vítima mortal foi registada na Rocinha, a maior favela do Rio de Janeiro. Também de acordo com a Defesa Civil, uma pessoa morreu num deslizamento de terras na favela do Vidigal e uma outra dentro de um autocarro que foi atingido por um segundo deslizamento de terras, na avenida Niemeyer.

Ao todo, até agora, foram registadas 64 quedas de árvores e 17 inundações em ruas da cidade, tendo sido mobilizados para estas ocorrências cerca de 600 operacionais.

Face às condições meteorológicas adversas, o governo do Rio de Janeiro declarou o estado de emergência, tendo ainda o prefeito da cidade do Rio, Marcelo Crivella, decretado luto oficial de três dias.

Várias imagens e vídeos têm sido publicadas nas redes sociais, onde é possível ver os estragos que o mau tempo está a fazer, nomeadamente um vídeo que mostra o Hotel Sheraton – hotel de luxo – na Avenida Niemeyer completamente inundado.